Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

“Ir Pró Maneta” apresentado no Bombarral

Vasco Pulido Valente esteve no Bombarral no passado Sábado, dia 1 de Dezembro, para apresentar o seu mais recente livro: “Ir Pró Maneta”.

 

A sessão, que se integrou no programa comemorativo do Bicentenário das Batalhas da Roliça e do Vimeiro, realizou-se no Auditório Municipal e contou com a presença de cerca de 80 pessoas.

 

Esta foi a primeira apresentação a ter lugar após o lançamento do livro, que se realizou no Museu Militar no dia 21 de Novembro. Depois de declinar convites de várias outras entidades, Vasco Pulido Valente acabou por aceitar vir apresentar a sua obra ao Bombarral, por ser um dos concelhos que foi palco dos acontecimentos históricos sobre que se debruça no seu livro.

 

Além deste facto, que acabou por ser motivo de grande satisfação para a organização, é ainda de salientar a grande adesão de público ao evento, algo que, segundo o Grupo de Trabalho para as comemorações do Bicentenário da Batalha da Roliça, premeia o labor que tem vindo a ser desenvolvido.

 

Conforme salientou o autor, o livro apresenta-nos a história da revolta dos portugueses contra o invasor francês e também contra todos aqueles que com ele colaboraram.

 

Com esta revolta, segundo explicou Vasco Pulido Valente, os portugueses pretendiam essencialmente evitar que as tropas francesas lhes levassem a comida, os animais, entre outros bens. O exército francês vivia essencialmente do saque para alimentar as suas tropas, pilhando tudo por onde passava. Por tal razão, foram muitos os portugueses que acabaram por morrer à fome. Estima-se que neste período tenha morrido cerca de 1/5 da nossa população.

 

“Ir Pró Maneta” relata-nos ainda a forma cruel como o exército francês tentou travar a revolta da população portuguesa, nomeadamente através de um grupo de tropas liderado pelo general Henri-Louis Loison que percorreu o território nacional assassinando quem lhe surgisse pela frente. Foi por esse facto e por o referido general ter apenas uma mão que ainda hoje utilizamos a expressão ‘ir pró maneta’, para dizer que alguém faleceu.


Esta foi a segunda actividade inserida nas Comemorações do Bicentenário das Batalhas da Roliça e do Vimeiro. A próxima está agendada para Janeiro de 2008 e terá lugar na sede do Clube Recreativo Delgadense, na localidade da Delgada. 

publicado por BatalhaRolica às 11:30
link do post | comentar | favorito

.O Grupo de Trabalho

.SlideShow

.Videos

.Tempo

Weather Forecast | Weather Maps

.Local da Batalha


Ver mapa maior

.Artigos Recentes

. Soldados que perderam a v...

. O troar dos canhões volto...

. Cardeal Patriarca esteve ...

. Reflexos das invasões fra...

. Um eco do passado...

. Ten. Coronel George Lake

. Programa de Actividades d...

. Raid das Invasões Frances...

. Passeio de Cicloturismo

. 18º Passeio de Cicloturis...

.Links

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Arquivo

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.Pesquisar neste blog

 

.Fale connosco

e-mail

.É o visitante nº


.Subscrever feeds

..